APRESENTAR-SE A DEUS

APRESENTAR-SE A DEUS

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que APRESENTEIS o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.”
Romanos 12:1


No serviço militar, uma das coisas que é impossível esquecer é o facto de haver alguns deveres obrigatórios. E um deles era o de nos apresentarmos no quartel quando éramos transferidos de unidade, quando havia paradas militares, formaturas, e atividades semelhantes a essas…

Hoje esta situação está tão vulgarizada em tantas áreas da nossa vida, em que nos temos de apresentar em tantos lugares, sempre que nos é solicitado. Não digo todos, mas alguns de nós, por vezes, “esquecemo-nos” de que somos de Deus, e que fomos chamados para O servir. Isso é grave, mas o não nos apresentarmos diariamente ao Senhor, é uma falta nossa, um desrespeito ao Deus Criador.

Muitos de nós nos levantamos para nos apresentarmos ao trabalho e em tantos lugares públicos para sermos atendidos conforme as coisas que temos a tratar. E muitas vezes vamos, mesmo sendo com grande esforço, mas fazemos isso para alcançarmos os nossos objetivos, as coisas que nos interessam…

E com Deus, como é? O texto exorta-nos a nos apresentarmos ante Deus…

Porque é que Paulo sente necessidade de apelar à consciência dos fiéis da igreja de Roma, e rogar pela compaixão de Deus, que eles se apresentassem a Deus? Esta frase é um tanto suave, mas não deixa de ser enérgica também! É um chamado a viver de modo apropriado.

No antigo pacto, Deus aceitava o sacrifício de animais. Essa era uma figura do sacrifício supremo de Cristo Jesus. Os sacrifícios do Antigo Testamento precisavam de um efeito absoluto que veio a ser realizado PERFEITAMENTE por Jesus.

“Mas, vindo Cristo, o sumo-sacerdote dos bens futuros, por um Maior e Mais Perfeito Tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, nem por sangue de bodes e bezerros, mas por Seu próprio Sangue, entrou UMA VEZ no santuário, havendo EFETUADO UMA ETERNA REDENÇÃO.“ Hebreus 9:11,12

Para aqueles que estão em Cristo Jesus, o único CULTO ACEITÁVEL DE ADORAÇÃO consiste em nos oferecermos ou nos apresentarmos a nós mesmos, por completo, ao Senhor. Se tivermos em conta o que Paulo diz no contexto da sua carta, ficamos muito mais esclarecidos. Vamos reparar em alguns versos, para vermos e entendermos melhor o que Paulo pediu aos discípulos de Cristo naquela altura e também o que pede de nós, hoje.

“Assim também vós CONSIDERAI-VOS COMO MORTOS PARA O PECADO, mas VIVOS PARA DEUS, em Cristo Jesus, nosso Senhor. Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências; NEM TÃO POUCO APRESENTEIS OS VOSSOS MEMBROS AO PECADO por instrumentos de iniquidade; mas APRESENTAI-VOS A DEUS, como vivos dentre mortos, e os vossos membros a Deus, como instrumentos de justiça…Pois quê? Pecaremos porque não estamos debaixo da lei, mas debaixo da graça? De modo nenhum! NÃO SABEIS VÓS QUE A QUEM VOS APRESENTARDES POR SERVOS PARA LHE OBEDECER, SOIS SERVOS DAQUELE A QUEM OBEDECEIS, OU DO PECADO PARA A MORTE, OU DA OBEDIÊNCIA PARA A JUSTIÇA? Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues. E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça. Falo como homem, pela fraqueza da vossa carne; pois que, assim como apresentastes os vossos membros para servirem à imundícia e à maldade para a maldade, ASSIM APRESENTAI AGORA OS VOSSOS MEMBROS PARA SERVIREM À JUSTIÇA PARA A SANTIFICAÇÃO. Porque, quando éreis servos do pecado, estáveis livres da justiça. E que fruto tínheis, então, das coisas de que agora vos envergonhais? Porque o fim delas é a morte. Mas, agora, libertados do pecado e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para santificação, e por fim a vida eterna.” Romanos 6:11-13,15-22

“Não sabeis vós que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?”

A pergunta tem a expectativa de um “sim” como resposta. Os seres humanos servem a ALGO ou a ALGUÉM. E quanto a nós, sabemos ou não a quem servimos?

Quem reina na nossa vida? É o pecado ou Deus?

A quem as pessoas obedecem, mostra claramente a quem elas servem. Ou ao pecado que nos conduz para a morte, (separação de Deus); ou à obediência, (à comunhão com Deus), para termos vida plena e eterna.

“Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito do Espírito ceifará a vida eterna.” Gálatas 6:7 e 8

Assim como Cristo se deu a Si mesmo unicamente para fazer a vontade do Pai, até ao ponto de morrer sobre uma cruz em nosso lugar, os Seus seguidores também devem receber da Sua vida para terem poder para se desprenderem de qualquer tipo de egoísmo, tal como Paulo descreve a sua própria experiência:

“Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.” 2 Coríntios 5:14,15

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.” Gálatas 2:20  

O apóstolo João escreve também na sua primeira Carta, “Conhecemos a caridade nisto: que Ele deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a vida pelos irmãos.” 1 João 3:16

Os discípulos de Jesus são pessoas comprometidas com Deus, e não apenas envolvidas com coisas espirituais.

Na nossa ignorância estávamos comprometidos com o pecado… E que tal, AGORA MESMO, tomar a decisão sábia de se comprometer com Deus? Creia que Ele, em si, fará grandes coisas acontecerem.

Deus tem poder para lhe dar uma NOVA VIDA cheia de paz, justiça e alegria, aqui neste mundo e por toda a eternidade!

J. F.


Tagged with , ,

No Comments


Recent

Categories

Archive

 2020

Tags