EU AMO A MENSAGEM DA CRUZ!

Os homens veneram os seus mártires, aqueles que deram as suas vidas por causas nobres, mas nenhum deles, por mais digna que tenha sido a sua entrega, pode ser comparado ao que Deus fez em favor da Humanidade.

Por detrás do sacrifício de Jesus, e Sua morte de cruz, está o Amor inigualável e sem paralelo na História. A Bíblia anuncia o seguinte: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigénito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

Jesus voluntariamente fez aquilo que desde o Éden estava no coração da Deus depois da desobediência de Adão. Deus prometeu um Salvador que, no Seu tempo e na Sua hora se manifestaria, e cumpriu, “vestido” da nossa humanidade. “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a Sua glória, como a glória do Unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade.” João 1:14

Jesus quis dar a Sua vida em nosso lugar, para nos reconciliar com o Pai, pagando com o alto preço do Seu sangue inocente. “Por isso, o Pai me ama, porque dou a Minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de Mim, mas Eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar e poder para tornar a tomá-la. Esse mandamento recebi de Meu Pai.” João 10:17,18

O Amor do próprio Deus fez isto. Jesus humilhou-se a Si mesmo, vindo do Céu à Terra, “…Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de Servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a Si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.” Filipenses 2:6-8

O Unigénito de Deus desceu do Céu, da Sua glória, para viver entre os pecadores em forma humana, passando pelas mesmas coisas que nós passamos. Tudo isto foi o começo da Sua Missão até ser consumada com a Sua morte, e, morte de Cruz, (o castigo esperado pelos piores malfeitores).

“E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava Dele, dizendo: Se Tu és o Cristo, salva-te a Ti mesmo e a nós. Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas Este, nenhum mal fez.” Lucas 23:39-41

Jesus não praticou nenhum mal para ser condenado, e muito menos à morte, e ainda menos desta forma atroz e humilhante. Mas aquilo que Jesus foi aceitar perante o Pai, o preço dos nossos pecados para não sermos condenados e perecermos eternamente, longe Dele. Deus é Santo, Santo, Santo, e no Céu não entra qualquer pecado ou maldição.

O profeta Isaías, profetizou 600 anos a.C., “Verdadeiramente, Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre Si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas Ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades;… mas o SENHOR fez cair sobre Ele a iniquidade de nós todos. Ele foi oprimido, mas não abriu a boca; como um cordeiro, foi levado ao matadouro e, como a ovelha muda perante os Seus tosquiadores, Ele não abriu a boca... Todavia, ao SENHOR agradou o moê-Lo, fazendo-o enfermar; quando a Sua alma se puser por expiação do pecado…” V.4,5,6,7,10

As palavras do profeta são bastante claras, o castigo que nos traz a Paz, estava sobre Ele. Jesus assumiu o meu e o teu lugar!

Eu amo a mensagem da cruz, porque ela é a maior prova do grande Amor e determinação de Jesus por nós, mesmo sabendo que somos indignos, e tantas vezes inimigos ou indiferentes ao Seu Amor. O preço foi altíssimo, mas a sua Missão foi cumprida ao pormenor.

“ESTÁ CONSUMADO”, bradou Jesus depois de ter vertido TODO o Seu sangue nesta Terra. Foi Jesus que deu a Sua vida por nós. Nenhum ser físico ou espiritual tinha poder para matar Jesus. Ele é o Deus Criador, o Deus de Amor para quem foram e são todas as coisas.

Jesus, na sua humanidade, suportou a acusação e julgamento injusto dos homens. Aos Seus amigos mais íntimos, Jesus expressou de forma clara a dor e angústia da Sua alma: “E tomou consigo a Pedro, e a Tiago, e a João e começou a ter pavor e a angustiar-se. E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui e vigiai.” Marcos 14:33,34

“E, posto em agonia, orava mais intensamente. E O SEU SUOR TORNOU-SE EM GRANDES GOTAS DE SANGUE QUE CORRIAM ATÉ AO CHÃO.” Lucas 22:44

As palavras não conseguem revelar o profundo sofrimento de Jesus quando ia a caminho da Cruz. A ira de Satanás estava a ser instigada através do homens, fazendo-o sofrer atrozmente, para que Jesus desistisse dessa morte horrenda.

Mas Jesus aceitou “beber esse cálice”, cumprindo na íntegra, a vontade do Pai, pois estava em causa a tua, a minha e a salvação de toda a Humanidade.

“Tendo, pois, Judas recebido a coorte e oficiais dos principais sacerdotes e fariseus, veio para ali com lanternas, e archotes, e armas. Sabendo, pois, Jesus todas as coisas que sobre Lhe haviam de vir, adiantou-se e disse-lhes: A quem buscais? Responderam-lhe: A Jesus, o Nazareno. Disse-lhes Jesus: Sou eu.” João 18:3-5

Embora pudesse ter desistido, Jesus escolheu carregar a cruz até ao lugar da Sua crucificação. Jesus deu a Sua vida na Cruz do Calvário para que toda a Justiça de Deus fosse cumprida.

Quanto a nós, é necessário hoje que nos identifiquemos com Jesus na Sua morte e ressurreição. No entender de alguns conhecedores do Evangelho, esta mensagem é uma “loucura”, e é mesmo uma “loucura” divina, mas é o poder de Deus para a nossa salvação eterna.

Porém, a maior loucura humana é desprezarmos tanto amor e misericórdia divina que nos foram concedidos através de Jesus Cristo. “ (Jesus) Era desprezado e o mais indigno entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos Dele caso algum.” Isaías: 53:3

Como pode alguém desprezar o Único que pode salvar, (Atos 4:12); Aquele que é o único Mediador entre Deus e os homens? (1 Timóteo 2:5).

Não fiquemos indiferentes perante a Cruz. Ainda hoje, neste tempo da Graça, neste período entre a morte, ressurreição e o regresso de Jesus para buscar os Seus fiéis seguidores e amigos, reconcilia-te com Deus através de Cristo!

Ele está Vivo e é o Mesmo, Ontem, Hoje e Eternamente. Sem Ele não há Salvação!

J.F.

Related Posts

No Comments


Recent

Categories

Archive

 2020

Tags