EU AMO A MENSAGEM DA CRUZ!

Os homens veneram os seus mártires, aqueles que deram as suas vidas por causas nobres, mas nenhum deles, por mais digna que tenha sido a sua entrega, pode ser comparado ao que Deus fez em favor da Humanidade.

Por detrás do sacrifício de Jesus, e Sua morte de cruz, está o Amor inigualável e sem paralelo na História. A Bíblia anuncia o seguinte: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigénito, para que todo aquele que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

Jesus voluntariamente fez aquilo que desde o Éden estava no coração da Deus depois da desobediência de Adão. Deus prometeu um Salvador que, no Seu tempo e na Sua hora se manifestaria, e cumpriu, “vestido” da nossa humanidade. “E o Verbo se fez carne e habitou entre nós, e vimos a Sua glória, como a glória do Unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade.” João 1:14

Jesus quis dar a Sua vida em nosso lugar, para nos reconciliar com o Pai, pagando com o alto preço do Seu sangue inocente. “Por isso, o Pai me ama, porque dou a Minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de Mim, mas Eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar e poder para tornar a tomá-la. Esse mandamento recebi de Meu Pai.” João 10:17,18

O Amor do próprio Deus fez isto. Jesus humilhou-se a Si mesmo, vindo do Céu à Terra, “…Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus. Mas aniquilou-se a si mesmo, tomando a forma de Servo, fazendo-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a Si mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz.” Filipenses 2:6-8

O Unigénito de Deus desceu do Céu, da Sua glória, para viver entre os pecadores em forma humana, passando pelas mesmas coisas que nós passamos. Tudo isto foi o começo da Sua Missão até ser consumada com a Sua morte, e, morte de Cruz, (o castigo esperado pelos piores malfeitores).

“E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava Dele, dizendo: Se Tu és o Cristo, salva-te a Ti mesmo e a nós. Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação? E nós na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas Este, nenhum mal fez.” Lucas 23:39-41

Jesus não praticou nenhum mal para ser condenado, e muito menos à morte, e ainda menos desta forma atroz e humilhante. Mas aquilo que Jesus foi aceitar perante o Pai, o preço dos nossos pecados para não sermos condenados e perecermos eternamente, longe Dele. Deus é Santo, Santo, Santo, e no Céu não entra qualquer pecado ou maldição.

O profeta Isaías, profetizou 600 anos a.C., “Verdadeiramente, Ele tomou sobre Si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre Si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas Ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades;… mas o SENHOR fez cair sobre Ele a iniquidade de nós todos. Ele foi oprimido, mas não abriu a boca; como um cordeiro, foi levado ao matadouro e, como a ovelha muda perante os Seus tosquiadores, Ele não abriu a boca... Todavia, ao SENHOR agradou o moê-Lo, fazendo-o enfermar; quando a Sua alma se puser por expiação do pecado…” V.4,5,6,7,10

As palavras do profeta são bastante claras, o castigo que nos traz a Paz, estava sobre Ele. Jesus assumiu o meu e o teu lugar!

Eu amo a mensagem da cruz, porque ela é a maior prova do grande Amor e determinação de Jesus por nós, mesmo sabendo que somos indignos, e tantas vezes inimigos ou indiferentes ao Seu Amor. O preço foi altíssimo, mas a sua Missão foi cumprida ao pormenor.

“ESTÁ CONSUMADO”, bradou Jesus depois de ter vertido TODO o Seu sangue nesta Terra. Foi Jesus que deu a Sua vida por nós. Nenhum ser físico ou espiritual tinha poder para matar Jesus. Ele é o Deus Criador, o Deus de Amor para quem foram e são todas as coisas.

Jesus, na sua humanidade, suportou a acusação e julgamento injusto dos homens. Aos Seus amigos mais íntimos, Jesus expressou de forma clara a dor e angústia da Sua alma: “E tomou consigo a Pedro, e a Tiago, e a João e começou a ter pavor e a angustiar-se. E disse-lhes: A minha alma está profundamente triste até a morte; ficai aqui e vigiai.” Marcos 14:33,34

“E, posto em agonia, orava mais intensamente. E O SEU SUOR TORNOU-SE EM GRANDES GOTAS DE SANGUE QUE CORRIAM ATÉ AO CHÃO.” Lucas 22:44

As palavras não conseguem revelar o profundo sofrimento de Jesus quando ia a caminho da Cruz. A ira de Satanás estava a ser instigada através do homens, fazendo-o sofrer atrozmente, para que Jesus desistisse dessa morte horrenda.

Mas Jesus aceitou “beber esse cálice”, cumprindo na íntegra, a vontade do Pai, pois estava em causa a tua, a minha e a salvação de toda a Humanidade.

“Tendo, pois, Judas recebido a coorte e oficiais dos principais sacerdotes e fariseus, veio para ali com lanternas, e archotes, e armas. Sabendo, pois, Jesus todas as coisas que sobre Lhe haviam de vir, adiantou-se e disse-lhes: A quem buscais? Responderam-lhe: A Jesus, o Nazareno. Disse-lhes Jesus: Sou eu.” João 18:3-5

Embora pudesse ter desistido, Jesus escolheu carregar a cruz até ao lugar da Sua crucificação. Jesus deu a Sua vida na Cruz do Calvário para que toda a Justiça de Deus fosse cumprida.

Quanto a nós, é necessário hoje que nos identifiquemos com Jesus na Sua morte e ressurreição. No entender de alguns conhecedores do Evangelho, esta mensagem é uma “loucura”, e é mesmo uma “loucura” divina, mas é o poder de Deus para a nossa salvação eterna.

Porém, a maior loucura humana é desprezarmos tanto amor e misericórdia divina que nos foram concedidos através de Jesus Cristo. “ (Jesus) Era desprezado e o mais indigno entre os homens, homem de dores, experimentado nos trabalhos e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos Dele caso algum.” Isaías: 53:3

Como pode alguém desprezar o Único que pode salvar, (Atos 4:12); Aquele que é o único Mediador entre Deus e os homens? (1 Timóteo 2:5).

Não fiquemos indiferentes perante a Cruz. Ainda hoje, neste tempo da Graça, neste período entre a morte, ressurreição e o regresso de Jesus para buscar os Seus fiéis seguidores e amigos, reconcilia-te com Deus através de Cristo!

Ele está Vivo e é o Mesmo, Ontem, Hoje e Eternamente. Sem Ele não há Salvação!

J.F.

No Comments


Recent

Categories

Archive

 2020

Tags

APRESENTAR BLOG Bíblia COVID-19 Deus Israel Jerusalem Miguel Diez SACRIFICIO aflição aliança evangelica alma amizade amor de Deus amor ansiedade anunciar aperfeiçoar apoio social armadura de Deus atitudes atleta barro bem biblia boas novas boas perspectivas caminho campanhas cansados compromisso comunidade confiança confiar conhecer consolo convivio coração coronavirus corpo do messias crer crianças órfãs crise cristo cristãos cruz cuerpo de cristo cuidar cura decisão descanso destino deus cuida de nós direção discípulo divino doença enfermidade escolha espirito santo eternidade eutanásia evangelho fariseus feliz fe filho de Deus fortaleza higiene homem de dores homem hora humano iccm sintra iccm idolos igreja inauguração iccm sintra indiferença iniquidade interceder inverno jesus jovens cristãos jovens iccm loucura poder de Deus luis santos mais que vencedores mal marcha por jesus medo mensagem mente mestre missões morte moçambique natal nomes Deus noticias nova vida novo ano não obediencia oleiro oração pac palavra pascoa pastores iccm pecado perfeitos pergunta perseguição poder portugal para jesus pregar prevenção covid19 procurar promessas prudente que será quem sou reflexão refugio rejeição remarportugal remar ressurreição retiro esther reunião ministerial sabedoria saber viver salvação sarado sedento sefarad israel semana santa servir sim sobreviventes socorro sofrimento stream tempestades tristeza valor vencedores venho avisar verdade verão vida vigilia youth for christ