Divulgação das Boas Novas do Evangelho

“APRENDEI DE MIM”
Precisamos de nos libertar do formalismo e da tradição, e apreciar mais a originalidade, a autoridade, a espiritualidade, a bondade, a humildade, a benevolência e o poder do ensino de Jesus enquanto veio a este Mundo e habitou entre os homens.

Jesus era simples no seu ensino. Ele era humilde ao ensinar. Não havia na Sua instrução nada de VAGO ou tão DIFÍCIL DE SER ENTENDIDO.

Jesus falava e agia com clareza e dava ênfase aos pontos principais com ENTUSIASMO e PERSISTÊNCIA:

Jesus não tinha um púlpito, ou uma escola. Ele ensinava, pregava e curava:

a. Junto ao mar
E Jesus, andando junto ao mar da Galileia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores. Mateus 4:18
b. Nas sinagogas
E percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas suas sinagogas, e pregando o evangelho do Reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. Mateus 4:23
c. Nos montes
“Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se aproximaram-se dele os seus discípulos”. Mateus 5:1
d. Nas casas
E Jesus, entrando na casa de Pedro, viu a sogra deste jazendo com febre. Mateus 8:14
e. Cidades e povoados
E percorria Jesus todas as cidades e aldeias, ensinando nas sinagogas deles, e pregando o evangelho do Reino, e curando todas as enfermidades e moléstias entre o povo. Mateus 9:35
f. Nos campos
E Jesus, ouvindo isso, retirou-se dali num barco, para um lugar deserto, apartado; e, sabendo-o o povo, seguiu-o a pé desde as cidades… Tendo mandado que a multidão se assentasse sobre a erva, tomou os cinco pães e os dois peixes, e, erguendo os olhos ao céu, os abençoou, e, partindo os pães, deu-os aos discípulos, e os discípulos, à multidão. Mateus 14:13,19
g. Nos caminhos
E, subindo Jesus a Jerusalém, chamou à parte os seus doze discípulos e, no caminho, disse-lhes:… E, saindo eles de Jericó, seguiu-o grande multidão. E eis que dois cegos, assentados junto do caminho, ouvindo que Jesus passava, clamaram, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós. Mateus 20:17,29,30
h. No templo
E entrou Jesus no templo de Deus, e expulsou todos os que vendiam e compravam no templo, e derribou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas… E foram ter com ele ao templo, cegos e coxos, e curou-os. Mateus 21:12,14

O seu ensino era alicerçado em situações comuns do quotidiano dos seus ouvintes:
  • a. O sal,
  • b. A luz,
  • c. O relacionamento senhor/servo,
  • d. As aves do céu,
  • e. Os lírios do campo,
  • f. O comer,
  • g. O vestir,
  • h. A porta estreita e a porta espaçosa,
  • i. A seara,
  • j. O trabalho,
  • k. A sementeira,
  • l. O pastoreio,
  • m. A árvore e seus frutos, etc.

Ele não escolheu sábios, nobres ou ricos para serem seus discípulos.

Mas convidou rudes pescadores, consertadores de redes, um coletor de impostos, E Jesus, andando junto ao mar da Galileia, viu dois irmãos, Simão, chamado Pedro, e André, os quais lançavam as redes ao mar, porque eram pescadores. E disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. Então, eles, deixando logo as redes, seguiram-no. E, adiantando-se dali, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, num barco com Zebedeu, seu pai, consertando as redes; e chamou-os. Eles, deixando imediatamente o barco e seu pai, seguiram-no. Mateus 4:18-22

E Jesus, passando adiante dali, viu assentado na alfândega um homem chamado Mateus e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu. Mateus 9:9

Sentou-se à mesa com publicanos e pecadores
E aconteceu que, estando ele em casa sentado à mesa, chegaram muitos publicanos e pecadores e sentaram-se juntamente com Jesus e seus discípulos. Mateus 9:10

Jesus estabeleceu um contacto muito próximo e íntimo com as pessoas.

Estava sempre no meio do povo, multidões o acompanhavam, Ele tocava as pessoas, fez questão de impor as mãos sobre as crianças, etc.

Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos; Mateus 5:1
Trouxeram-lhe, então, algumas crianças, para que lhes impusesse as mãos e orasse; mas os discípulos os repreendiam. Jesus, porém, disse: Deixai os pequeninos e não os estorveis de vir a mim, porque dos tais é o Reino dos céus. E, tendo-lhes imposto as mãos, partiu dali. Mateus 19:13-15


As ações e as propostas de Jesus eram de uma simplicidade cristalina.

Vejamos a solução que Jesus deu ao problema surgido nas bodas em Caná da Galileia: A sua mãe disse aos empregados: “Fazei tudo quanto ele vos disser. E estavam ali postas seis talhas de pedra, para as purificações dos judeus, e em cada uma cabiam duas ou três metretas. Disse-lhes Jesus: Enchei de água essas talhas. E encheram-nas até em cima.” João 2:5-7

Também na multiplicação dos pães…
Então, eles lhe disseram: Não temos aqui senão cinco pães e dois peixes. E ele disse: Trazei-mos aqui. Mateus 14:17,l8

Na parábola da dracma perdida…

Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? Lucas 15:8

Afinal, foi Ele mesmo que disse: "APRENDEI DE MIM." Mateus 11:29

Vamos e façamos o mesmo!

Veremos a salvação de muitos, com a transformação de vidas, de mentalidades, na santificação de pessoas para a Glória de Deus e Bênção do Seu Reino.

Related Posts

Recent

Categories

Archive

Tags