Não voltes as costas a Deus…

“O homem mau não se importa com Deus; por causa do seu orgulho, ele pensa assim: “Para mim, Deus não tem importância.” Salmo 10:4 (NTLH)

“Por causa do seu orgulho, o ímpio não investiga; todas as suas cogitações são: Não há Deus.” Salmo 10:4 (ARC)


É muito comum ouvirmos as pessoas afirmarem que a vida lhes pertence e que podem fazer dela o que querem, e que, ninguém tem nada a ver com isso…
Essas afirmações até que nem são muito más… Chocam algumas pessoas que as ouvem, mas a vida delas continua…

A questão é se realmente aquilo que dizem é sincero. Nessas afirmações surgem muitas dúvidas… Será que aquilo que apregoam é mesmo o que vivenciam? Não será que fazem isso por não estarem dispostos a considerar e a assumir a responsabilidade quanto à razão da sua existência? Mas a maioria de nós já teve esse tipo de comportamento.

E não podemos levar a mal uns aos outros por pensarmos assim… Até os entendemos e toleramos… O problema é quando isto se torna num tipo de conduta, porque tem a ver, conforme nos diz a Palavra de Deus, com o orgulho humano. O homem pensa assim quando é dominado pelo seu orgulho…

Muitos esquecem-se que pensando desta forma, não sabem dar resposta às perguntas mais elementares, como: Quanto tempo de vida teremos? Quem decidiu o nosso nascimento? Quem e o que nos permite respirar?

O homem que não conhece Deus, cairá em insensatez. Se o homem não valorizar a presença de Deus na sua vida, acaba por esconder os seus verdadeiros problemas de consciência, e de uma forma maligna e doentia.

Por que razão não admitimos que temos medo de enfrentar um dia o Criador, ou de comparecermos perante Ele? E quer gostemos ou não, isso vai mesmo acontecer…

A tendência humana é agrupar-se, cada um, com quem se identifica, simpatiza, tem empatia ou ideologia semelhante… E julgam ser essa a forma de constituir uma força de bloqueio contra algo mais forte que o exterioriza. E em parte é verdade… Mas isso só demonstra a fragilidade humana. O homem sozinho sente-se desprotegido e desamparado.

E não querer admitir isso, “faz-nos uns fortes sem força”. As “almofadas” das nossas camas são confidentes dessas nossas incongruências. Temos de confrontar a nossa condição, sozinhos, perante Deus…

O homem não quer responder pelos seus atos perante o seu Criador, mas isso não é possível. Pode barafustar, espernear, gritar, expressar a sua insensatez, mas um dia terá que o fazer, goste ou não, esteja pronto ou não… Ao negarmos isso, teríamos dificuldade em explicar determinados versículos da Bíblia que nos provam isso mesmo.

“E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo,” Hebreus 9:27

“E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos, para fazer juízo contra todos e condenar dentre eles todos os ímpios, por todas as suas obras de impiedade que impiamente cometeram e por todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele.” Judas 14,15

“E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a Terra e o Céu, e não se achou lugar para eles. E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.” Apocalipse 20:11,12

Os ímpios, (ou seja, os homens que não querem saber de Deus), saibam que não vão ter qualquer desculpa, nem ninguém estará lá para os defender perante o Deus Criador. Quem poderá mostrar a sua arrogância, e considerar-se mais do que Deus? E quem poderá afirmar sensatamente que Deus não existe, ou que não tem qualquer importância crer Nele? Mas enquanto muitos pensam assim, outros têm Deus como a razão da sua existência, e sabem que é pela Sua muita misericórdia que não são consumidos no meio dos seus erros e fraquezas.

O homem não vive para “defender” Deus, porque Ele não precisa que o façamos. Deus sabe como resistir à soberba dos homens, ao seu orgulho e desprezo. Muitos homens negam-No só porque ouviram outros negá-Lo.

Muitos desprezam Deus por não O conhecerem nem às boas novas da sua Salvação que Jesus Cristo nos trouxe. Muitos nem se deram ao trabalho de investigar as suas convicções. Apenas “papagueiam” o que ouviram de outros que, por várias razões, estão mais perto ou mais longe de Deus. Uns ignoram, outros desprezam, não dando crédito à sua Palavra. As consequências das nossas escolhas serão eternas. E esta também...

“O SENHOR é conhecido pelo juízo que fez; enlaçado ficou o ímpio nos seus próprios feitos. Os ímpios serão lançados no inferno e todas as nações que se esquecem de Deus.” Salmo 9:16,17

Essas são notícias catastróficas, porém há muito boas notícias. Jesus Cristo veio a este mundo para nos salvar dessa condenação eterna. É necessário, e enquanto está a tempo, retroceder, considerar os seus caminhos, conhecer o que Jesus quer, através do seu Evangelho que está na Bíblia Sagrada e viver uma nova vida. Ela é possível. Ela foi ganha por Jesus para ti, pelo poder do Seu sangue derramado na Cruz, em teu lugar…

Pr. José Faria

Related Posts

No Comments


Recent

Categories

Archive

 2020

Tags