Do Que Precisamos Verdadeiramente?

Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.
Hebreus 4:16  

Que saibamos, ninguém nos deixa tão à vontade como Aquele que tem todo o poder e autoridade sobre a Terra.

Se alguém nos dissesse estas palavras ou outras semelhantes a elas, tínhamos muitas dúvidas de que isso fosse verdade ou então de que fosse capaz de cumprir o que falou.

Os homens estão bastante limitados na ajuda que podem dar aos seus semelhantes, e as razões são as mais diversas, mas a principal é que também eles carecem de ser ajudados. E o povo não diz em vão: “Quando a esmola é grande o pobre desconfia.”

Se tomamos a todos por igual, ficamos a perder. Por que ainda há algumas pessoas que são capazes de cumprir o que dizem, mas nem todos, e também não “em tudo”.
Deus não mente, e a Sua Palavra é a Verdade para sempre. E Deus vela por ela para a fazer cumprir.

Se Ele nos abre esta porta, tenhamos a coragem de dar os passos certos: CHEGUEMO-NOS CONFIADAMENTE.
Não podemos só saber que esta é uma promessa de Deus ao nosso alcance, mas temos que nos “fazer” a ela. Temos que sair do nosso comodismo e conformismo e avançar. Deus estende para nós o Seu cetro e deixa-nos à vontade.

Precisamos de receber misericórdia? Há no Trono da Graça!
Precisamos de achar graça? Há também no Trono da Graça!

Mas não nos esqueçamos de que é sempre no tempo oportuno, ou na ocasião oportuna. Aqui não depende de nós, mas daquilo que Deus considera como extremamente necessário, e na ocasião certa as coisas vão suceder.
Deus não mente. Veja como um homem fez na sua necessidade de misericórdia, demonstrada numa parábola contada por Jesus:

“Dois homens subiram ao templo, a orar; um, fariseu, e o outro, publicano. O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou, porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana e dou os dízimos de tudo quanto possuo. 

O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó DEUS, TEM MISERICÓRDIA DE MIM, PECADOR! Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.” Lucas 18:10-14

A explicação de Jesus deixa bem claro o resultado obtido pelos dois homens.
Os dois, aparentemente cumpriram os requisitos que lemos na passagem de Hebreus, pois CHEGARAM COM CONFIANÇA AO TRONO DA GRAÇA, mas apenas um alcançou o que tanto almejava.

Por que razão isto aconteceu?
Porque o que falou primeiro falou consigo mesmo, falou de si mesmo, justificou-se a si mesmo e, comparou a sua vida à vida de outros.

Ele “era melhor”, porque ele não se considerava como os demais e, muito menos com aquele que subiu no mesmo instante ao Trono da Graça.

Preocupe-se com os outros e deixe-os chegar também a Deus! Vá com um bom coração, isto é, com uma boa atitude! Deus conhece cada um muito bem, sabe o que necessitamos, sabe o que fazemos e como fazemos!
Mas que isso não te desmotive para te achegares ao Deus que te ama e que te quer ajudar a ti ou a qualquer outro que também esteja carente da Sua misericórdia e da Sua graça divina.

Posted in
Tagged with , , , ,

Related Posts

Recent

Categories

Archive

 2020

Tags