As Últimas Sete Palavras de Cristo na Cruz

“E Jesus, dando um grande brado, expirou.” Marcos 15:37 

Através dos séculos e milénios, o homem construiu muitos altares, e neles sacrificou, para ser absolvido dos seus pecados e dos outros. Todavia, um altar foi escolhido, num lugar conhecido como Gólgota, o Lugar da Caveira. “E, chegando ao lugar chamado Gólgota, que significa Lugar da Caveira,” Mateus 27:33  

Foi aí, no Lugar da Caveira, que David colocou a cabeça de Golias, quando Jerusalém era ainda a cidade dos Jebuseus, e só mais tarde conquistou-a e passou a ser chamada a cidade de David. Foi aqui também onde foi crucificado o Cordeiro de Deus.

“Entregou-Se a Si mesmo a Deus pelos nossos pecados, como um sacrifício duma vez para sempre” Hebreus 10:12 

Jesus passou seis horas cravado na cruz, e durante esse tempo, disse sete frases que têm um significado profundo. Sabemos que tendencialmente, na hora da morte, as frases que temos a dizer têm sempre um significado mais profundo. Assim, no caso de Jesus, que cumpria a vontade do Pai, as Suas últimas palavras, ou as suas últimas 7 expressões, têm um significado profundo e marcante.

 

QUAIS FORAM AS FRASES QUE JESUS DISSE NA CRUZ DO CALVÁRIO?

 

PRIMEIRA

“Ora, Jesus, vendo ali sua mãe e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse à sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho. Depois, disse ao discípulo: Eis aí tua mãe.E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa. João 19:26,27   

Porque é que Jesus não deixou a sua mãe aos cuidados dos próprios irmãos?

Porque os próprios irmãos, não acreditavam Nele, (João 7:5), e a sua mãe não entendia bem a sua missão. Nenhum dos irmãos de Jesus o acompanhou até à cruz. Jesus deixou a mãe dele com o seu discípulo mais chegado, João. 

Jesus valorizava a família, mas, a família verdadeira é a de Cristo! Imagine o olhar de Maria para Jesus ali na cruz, quando Jesus demonstra por ela uma preocupação familiar. João era a pessoa mais próxima capaz de a ajudar na sua vida espiritual. Jesus cuidou da sua mãe, assumindo a responsabilidade de filho mais velho, mas sabia que a partir dali, não poderia mais. Então pediu o apoio de João para ajudar sua mãe.Aqui vemos patentes 2 palavras – amor e responsabilidade.  

“E quem não toma a sua cruz e não segue após mim não é digno de mim. Quem achar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a sua vida por amor de mim achá-la-á.”Mateus 10:38,39  

Tens assumido as tuas responsabilidades?

Sê responsável ao levar a tua cruz!

 

SEGUNDA

 

“E dizia Jesus:Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.Lucas 23:34 

Aqui fala de PERDÃO

A crucificação de Cristo somente ocorreu por causa do nosso pecado. Se não fosse por nosso pecado, Jesus não teria que morrer na cruz. Ele nos lembra deste propósito, ao perdoar aqueles que o crucificaram. Primeiramente, foram aqueles que pregaram os pregos no seu corpo, mas também foi àqueles que o julgaram e condenaram injustamente. Mas nenhum de nós escapa da responsabilidade que o nosso pecado teve e tem na morte de Jesus.

Na oração de Jesus, Ele expressa o seu profundo amor, e pede a Deus para perdoar os seus malfeitores. O amor leva-nos a perdoar.O perdão tem  mão dupla. Ele cura a quem perdoa e a quem se sente perdoado. Na oração ao Pai que Jesus nos ensina, há um destaque para o perdão. 

“Perdoa-nos os nossos pecados, tal como nós temos perdoado aqueles que pecaram contra nós”.Mateus 6:12  

O perdão é melhor do que dez caixas de medicamentos, porque alivia a angústia do coração humano. Jesus perdoou para testemunhar o seu propósito, ao ir à cruz e cumprir o seu próprio ensino sobre o perdão. 

Quem precisa perdoar agora? Declara o perdão para quem te ofendeu!

 

TERCEIRA

 

“E disse-lhe Jesus:Em verdade te digo que hoje estarás comigo no Paraíso.” Lucas 23:43 

Fala deEsperança, de Salvação!

“E um dos malfeitores que estavam pendurados blasfemava dele, dizendo: Se tu és o Cristo, salva-te a ti mesmo e a nós. Respondendo, porém, o outro, repreendia-o, dizendo: Tu nem ainda temes a Deus, estando na mesma condenação?E nós, na verdade, com justiça, porque recebemos o que os nossos feitos mereciam; mas este nenhum mal fez.”Lucas 23:39-41 

Este que repreende o outro pede que Jesus se lembre dele.

Esta frase de Jesus na cruz é a palavra da Esperança da Salvação. Embora estivesse agonizando na cruz, Jesus estava disposto a atender a qualquer um em necessidade. Jesus preocupou-se em assegurar ao pecador que estava ao seu lado, de que teria sim, salvação para ele, devido ao seu reconhecimento de pecado, e da sua fé Nele. 

No meio de tanto sofrimento Jesus não perdeu o foco principal da Sua Missão! “Ele veio buscar e salvar o que se tinha perdido”. 

Mesmo a sofrer terríveis dores, Jesus foi capaz de dar uma palavra de esperança. Quando todos O abandonaram, Ele nunca abandonou os Seus amigos. Quantas vezes, nós falamos palavras duras em momentos de dor, e isso só piora as coisas. Precisas de uma palavra de esperança? Jesus é o teu Amigo que te fortalece! Somente em Jesus há Salvação! 

“Então, disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor! Para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna!” João 6:67,68

 

QUARTA

 

“E, perto da hora nona, exclamou Jesus em alta voz, dizendo:ELI, ELI, LEMÁ SABACTÂNI, isto é, Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” Mateus 27:46 e Marcos15.34 

Estas palavras expressam Sacrifício e Angústia

Jesus, apesar de ser O Filho de Deus, passou por tudo o que um ser humano passa, e do pior, para ser o nosso Salvador, para que não duvidássemos do quanto Ele participou fisicamente, emocionalmente e de todas as formas, em nosso estado físico e mental. Temos aqui a Sua palavra de angústia emocional. 

Alguém disse que esse clamor tem duplo significado. Primeiro, foi o grito de dor como ser humanono momento em que, o caldeirão da ira de Deus, que deveria ser derramado sobre nós, caiu sobre Ele. Segundo, foi o brado de vitória pelo fato de estar cumprindo o projeto de Deus para salvar o mundo, citando o Salmo 22:1,“Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas das palavras do meu bramido e não me auxilias?”   

O Sacrifício e Angústia de Jesus

“Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, tornando-se obediente até a morte, e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu o nome que é sobre todo nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.” Filipenses 2:5-11  

No momento de dor, a quem tens clamado?

Clama ao Senhor e Ele te responderá! “Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes.”Jeremias 33:3 

 

QUINTA

 

“Depois, sabendo Jesus que todas as coisas já estavam consumadas, para que se cumprisse a Escritura, disse:“Tenho sede.” João 19:28  

Fala de Redenção  

Aqui está o grande paradoxo: Jesus é a Fonte da Água da Vidae teve sede. A Sua sede era humana, porém, a sede maior, era “buscar e salvar o perdido e os mortos nos seus delitos e pecados”. 

E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,” Efésios 2:1 

O vinagre que lhe deram era um líquido corrosivo, mas Jesus é a Água da Vida que elimina o efeito corrosivo do pecado que corrompe a vida humana. A sede revela a fragilidade humana, e nos faz sentir necessidade de buscar a Deus. 

Qual tem sido a tua maior fraqueza?Jesus pode saciar sua sede! 

“Replicou-lhe Jesus: Todo o que beber desta água tornará a ter sede; mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede; pelo contrário, a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorre para a vida eterna. Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, nem venha aqui tirá-la.”João 4:13-15 

 

SEXTA

 

“E, quando Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado.”João 19:30  

Há aqui Plenitude! 

Jesus cumpriu com perfeição o plano de salvação projetado por Deus, do Éden até o dia da Sua ascensão ao céu. 

Jesus selou com o Seu sangue o Pacto na Nova Aliança.

Esta  palavra “Está consumado”,(TETELESTAI), significa que a Sua obra está completa, como um carimbo, cuja tinta é o sangue de Cristo,para a remissão de pecados. Aquele que crer e aceitar que o sangue de Jesus Cristo foi derramado para a remissão dos seus pecados, “está livre da lei do pecado e da morte!” Romanos 8:1,2 

“Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus,” Filipenses 1:6  

Deus cumprirá as suas promessas para a tua vida!

 

SÉTIMA

 

“Jesus, clamando com grande voz, disse: Pai! Nas tuas mãos, eu entrego o meu espírito.E, havendo dito isso, expirou.” Lucas 23:46  

Entrega e vitória! 

Jesus deu um brado em alta voz, citando o Salmo 31:5, “Nas tuas mãos encomendo o meu espírito; tu me remiste, SENHOR, Deus da verdade.” 

E constatou-se a sua morte física. A salvação é de graça,mas custou um alto preço, o Cordeiro imaculado foi sacrificado por nós, na cruz. 

Jesus não foi assassinado. Ele morreu voluntariamente, e o que o matou não foram os cravos e os espinhos, mas sim os pecados da Humanidade que pesaram sobre Ele. 

O que é que gostarias de entregar ao Senhor, hoje?Entrega-te ao Senhor, completamente, agora! 

A cruz é o evangelho que devemos viver.

Cada situação dolorosa pode ser uma ferramenta para crucificar o homem carnal e ressuscitar o ser espiritual que há em nós. 

Se estás a ser crucificado por algo que te faz sofrer, toma a tua cruz sabendo que após a crucificação, vem a ressurreição! 

Quantas vezes, nós temos uma sexta-feira de dor, mas depois vem um domingo da ressurreição, quando revivemos para Deus! 

Sentes que estás a ser crucificado?Deus vai-te ressuscitar! 

“O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo.” Salmo 30:5 

“Porque a palavra da cruz é deveras loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus.” 1 Coríntios 1:18  

Entrega-te ao Senhor completamente agora! Reconcilia-te com o Senhor, agora!

Recapitulando

Amor, Responsabilidade, Perdão, Esperança da Salvação, Sacrifício e Angústia, Redenção, Plenitude, Entrega e Vitória são palavras a não esquecer!

 

Conclusão

“Mas todas as coisas provêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação; pois que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas transgressões; e nos encarregou da palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores por Cristo, como se Deus por nós vos exortasse. Rogamo-vos, pois, por Cristo que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.” 2 Coríntios 5:18-21. 

Este site usa cookies própias e externas para melhorar a sua navegação, ao prosseguir, concorda com o seu uso.
Mais informação Aceitar Decline