Que Homem É Este?

“Conheçamos e prossigamos em conhecer o SENHOR: como a alva, será a sua saída; e Ele a nós virá como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.” Oseias 6:3  


Este texto bíblico é de um desafio impressionante. O conhecimento de Deus diz respeito a uma vida de um verdadeiro relacionamento de intimidade com Ele.

Conhecer alguém pressupõe convivência, familiaridade e trato diário. Através destes aspetos toma-se consciência do caráter, das atitudes, opiniões, preferências e inquietações que afetam as pessoas. Da mesma forma, conhecer o Senhor é ter uma relação de íntima comunhão com Ele. Não é um conhecimento baseado no intelecto, na formalidade doutrinária ou exegética, mas um conhecimento que envolve devoção, fidelidade e obediência. E também não é um conhecimento baseado apenas numa experiência “tida há algum tempo”.

Aqui o tempo não é o mais importante. Esta experiência inicial é muito importante para toda a carreira cristã, mas se ficarmos só por ela, é muito pobre. O relacionamento e o conhecimento precisam de ser mantidos e desenvolvidos diariamente, e daí o conselho do profeta Oseias é que conheçamos e prossigamos em conhecer o Senhor.

É verdade que Deus não muda e Nele não há Nele sombra de variação. E alguns podem perguntar: “Então porque é que se torna necessário prosseguir em conhecê-Lo?” Tu vais aprofundando o teu conhecimento e relacionamento com Deus de maneira a conhecê-Lo mais e melhor, e quanto mais Deus se revela a ti, mais sentes a necessidade de passar tempo com Ele, porque o conhecimento que vais tendo da Sua Pessoa bendita, vai preenchendo e enchendo cada vez mais o teu coração.

Era esse o tipo de conhecimento que Deus desejava que o Seu povo tivesse com Ele. Israel conhecia-O como “O Deus de Abraão, de Isaac e de Jacob”, e como “Aquele que deu a Lei a Moisés”, mas não O conheciam intimamente, pessoalmente.

Bom seria que depois de termos refletido sobre esta tremenda necessidade, três coisas se tornassem essenciais na nossa vida pessoal:

Identificar como imprescindível o conhecimento de Deus.
Reafirmar que não basta conhecer Deus de forma teórica, mas prática.
Reconhecer que o poder de Deus para perdoar é maior do que o pecado que o homem possa cometer, e, arrependido, pedir o Seu perdão.

Pedro na sua segunda Carta refere este versículo, 2 Pedro 3:18, “Antes, CRESCEI NA GRAÇA E CONHECIMENTO DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO. A Ele seja dada a glória, assim agora como no dia da eternidade. Amém!”

Alguns de nós ainda não nos demos conta da sua importância, da necessidade de conhecermos mais e melhor o nosso querido e amado Salvador e Senhor.

Gostava que, ao considerarmos um episódio passado entre os discípulos de Jesus e Ele, verifiquemos que apesar de passarmos tempo com Ele, ainda assim não O conhecemos bem… Precisamos de CRESCER nesse conhecimento.

Vejamos qual é a atitude dos discípulos depois de passarem por uma grande tempestade, onde também Jesus se encontrava…

“E Jesus, vendo em torno de si uma grande multidão, ordenou que passassem para a outra margem... E, entrando ele no barco, os Seus discípulos o seguiram. E eis que, no mar, se levantou uma tempestade tão grande, que o barco era coberto pelas ondas; Ele, porém, estava dormindo. E os Seus discípulos, aproximando-se, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos, que perecemos.

E Ele disse-lhes: Por que temeis, homens de pequena fé? Então, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar, e seguiu-se uma grande bonança. E aqueles homens se maravilharam, dizendo: QUE HOMEM É ESTE, que até os ventos e o mar lhe obedecem?” (Mateus 8:18, 23-27)  

Esta é uma pergunta que um dia, todos nós vamos ter de a responder. Não é de espantar o facto de Jesus a ter sido feito aos Seus discípulos? Mas muitos de nós, como seguidores de Jesus, ainda não O conhecemos muito bem, e quem sabe, a nossa intimidade com Ele seja mesmo bastante fraca…

Alguns daqueles discípulos já tinham tido oportunidade de ouvir da boca de João Batista, que Ele era o Cordeiro de Deus que tirava o pecado do mundo. João 1:29,36

Outros pronunciaram com a sua própria boca:
“Rabi!” João 1:38
“És o Messias, o Cristo”. João 1:4
“Jesus de Nazaré”. João 1:45
“Rabi, Filho de Deus e Rei de Israel.” João 1:49…

Estes discípulos tiveram a oportunidade de ver sinais e maravilhas feitas diante dos seus olhos, mas mesmo assim, não O conheciam. E perante este tão grande sinal, se maravilharam, e perguntaram: “Que homem é este?

Embora os discípulos estivessem a ser privilegiados com informações sobre os mistérios do Reino, é evidente que ainda precisassem de muito mais informação para fortalecer a sua convicção sobre a identidade da Pessoa de Jesus.

Alguns deles tinham começado a aprender cedo, conforme tivemos a oportunidade de ler no primeiro capítulo de João, mas o processo foi lento, como podemos ver em Mateus 8:27; Marcos 4:41; Lucas 8:25…

Procuremos dentro do nosso espírito e alma, a resposta à pergunta de Jesus:
“E vós, quem dizeis que Eu sou?” Mateus 16:15
Quem é Ele para ti?

J. Faria
Posted in
Tagged with , , , , ,

No Comments


Recent

Categories

Archive

 2020

Tags

APRESENTAR BLOG Bíblia COVID-19 Deus Israel Jerusalem Miguel Diez SACRIFICIO aflição aliança evangelica alma amizade amor de Deus amor animo ansiedade anunciar aperfeiçoar apoio social armadura de Deus atitudes atleta barro bem biblia boas novas boas perspectivas caminho campanhas cansados casamento compromisso comunidade confiança confiar conhecer consolo convivio coração coronavirus corpo do messias crer crianças órfãs crise cristo cristãos cruz cuerpo de cristo cuidar cura decisão descanso destino deus cuida de nós direção discípulo divino doença enfermidade escolha esforça-te espirito santo eternidade eutanásia evangelho fariseus feliz fe filho de Deus fortaleza higiene homem de dores homem hora humano iccm sintra iccm idolos igreja inauguração iccm sintra indiferença iniquidade interceder inverno jesus jovens cristãos jovens iccm loucura poder de Deus luis santos luz mais que vencedores mal marcha por jesus medo mensagem mente mestre missões morte moçambique natal nomes Deus noticias nova vida novo ano não obediencia oleiro oração pac palavra pascoa pastores iccm pecado perfeitos pergunta perseguição poder portugal para jesus pregar prevenção covid19 procurar promessas prudente que será quem sou reflexão refugio rejeição remarportugal remar ressurreição retiro esther reunião ministerial sabedoria saber viver salvação sarado sedento sefarad israel semana santa senhor servir sim sobreviventes socorro sofrimento stream tempestades tristeza valor vencedores venho avisar verdade verão vida vigilia youth for christ