Água para os Sedentos

E, no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: SE ALGUÉM TEM SEDE, que venha a mim e beba. João 7:37  


A água é um dos bens mais essenciais para o ser humano. Em mutos países, este é um bem que escasseia ou que a que têm não está em boas condições para o consumo doméstico. Mas na falta dessas condições, as pessoas sujeitam-se a consumir mesmo águas impróprias. A razão disto acontecer é a necessidade.
De uma perspetiva espiritual, muitos há que estão a morrer à sede sem que se apercebam de que a Água que lhes pode matar a sede, está disponível para eles.
As seguintes palavras são de Jesus:

E Jesus lhes disse: Eu sou o Pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome; e QUEM CRÊ EM MIM NUNCA TERÁ SEDE. João 6:35

…AQUELE QUE BEBER DA ÁGUA QUE EU LHE DER NUNCA TERÁ SEDE, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna. João 4:14  

Como é possível que alguém beba da água que Jesus dá, e não volte a ter sede? O único desafio que posso ver nestas palavras de Jesus é, “EXPERIMENTA!”

Aqueles que têm tido oportunidade de se saciar espiritualmente em Cristo, sabem que Ele é uma fonte inesgotável, capaz de saciar a sede que há no coração do Homem.

É claro que Jesus não falava nem fala no plano natural. A sede que o homem tem de Deus só pode ser saciada em Deus, mais ninguém sacia tão perfeita e completamente como o próprio Senhor que nos criou.

Todos nós procuramos saciar de qualquer maneira e com qualquer água, mas… a sede volta, e nunca ficamos satisfeitos…

Jesus não força ninguém a tomar desta água. Ela está disponível só para os que têm sede. Aqueles que estão cansados e sedentos, que já se fartaram das águas contaminadas deste mundo, devem experimentar desta água.

Há um relato bíblico de uma conversa tida com Jesus com uma mulher de Samaria acerca deste tema que gostávamos que acompanhasses. É uma história que mostra a situação e as circunstâncias em que vivem aqueles que estão cansados de pecar, da vida que vivem e que se encontram sedentos de Deus, e do que a fé em Cristo pode fazer por eles. João 4:7-15

“Veio uma mulher, uma cidadã de segunda classe, marginalizada devido ao seu mau porte, e que ela própria evitava encontrar-se com outros. Ela veio tirar água do poço. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber. Esta circunstância foi uma oportunidade para Jesus. (V.4-6)

Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida.
Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos)? (A mulher não acreditava que um judeu ortodoxo se dirigisse a ela, e muito menos que falasse com ela, Jesus não deixou que um costume qualquer o impedisse de alcançar alguém).

Jesus respondeu e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.

Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, (a água que ela conhece está no poço), e o poço é fundo; (nós é que criamos os obstáculos), onde, pois, tens a água viva? (Jesus é a água viva que sedenta o coração do homem).

És tu maior do que Jacó, o nosso pai, (satisfazemo-nos facilmente com aquilo que o mundo nos oferece), que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado?

Jesus respondeu e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede, mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.

Disse-lhe a mulher: Senhor! Dá-me dessa água, para que não mais tenha sede e não venha aqui tirá-la.”

Este último versículo deixamos como desafio à tua vida, esta água viva está ao teu alcance, se fizeres o mesmo pedido que esta mulher:

“Senhor! Dá-me dessa ÁGUA, para que não mais tenha sede!…”

Certamente que Jesus vê a sinceridade da tua oração e a satisfará plenamente a tua sede. Ele quer ser SUFICIENTE para ti!

J.F.

Related Posts

Recent

Categories

Archive

 2020

Tags