Superando as Aflições

“Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”
João 16:33  


Quer acreditemos ou não em Deus, a verdade é esta, quando a Bíblia fala, é Deus que fala. E as suas palavras devem ser levadas em conta, não só porque são importantes, mas mais ainda, pelo facto de que, quem as proferiu, conhecer-nos melhor do que nós mesmos.

As aflições são um tema que não se esgota, e infelizmente a nossa vida passa por tantas, que ”qualquer coisa” que possamos ouvir e que nos ajude a viver nestas crises, são bem-vindas. Mas esteja alerta de que não é qualquer coisa que serve. É bom optar por escutar as Palavras de Deus, e não se entusiasmar demasiado com os que ganham a vida a conjeturar “soluções” que acabam por não passar de “amarras”.

As palavras de Jesus são dignas de dupla atenção, pois foram proferidas pelo Verbo Divino que as encarnou e assumiu a nossa natureza e condição, de modo que Ele sabe daquilo que alerta os Seus seguidores, os Seus amigos e discípulos.

Jesus sabia e sabe que no mundo temos e passamos por muitas aflições. Elas podem ter objetivos que desconhecemos e que nos podem trazer benefícios a médio e a longo prazo… Só que no momento em que estamos a passar por elas, parece que não temos força para afirmar que elas são de bênção. Mas estamos a viver neste mundo! Então prepare-se porque estas “companhias”, vão acabar por nos bater à porta. Uns encaram-nas melhor do que outros… Mas aflição é aflição.

Aflição significa pressão, opressão, tensão, angústia, tribulação, adversidade, pena, lamentação… A Palavra descreve-a num sentido que possamos entender como o que Jesus disse aos seus discípulos em privado: “Disse também o Senhor: Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo.” Lucas 22:31. É como se tivessem que passar por uma prensa espiritual. A palavra aflição descreve o processo de espremer as uvas ou das azeitonas num lagar.

São inúmeras as situações que nos podem levar a passar por aflições. De acordo com as palavras de Jesus, elas têm muito a ver com o modo como vivemos neste mundo. Em contrapartida, em Jesus temos paz, razão pela qual Ele disse: “Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz…”

No mundo tereis aflições. Mas em Jesus temos paz.

Vivendo no mundo com Jesus temos a Sua garantia que Nele temos paz. Não é para pensarmos que as aflições vão desaparecer, mas para ganharmos um novo ânimo, um novo alento, porque Jesus sabe conservar em paz as nossas vidas, no seu todo.
Jesus reforça o que lhes tinha dito algum tempo antes como as palavras de João14:27-29. “Deixo-vos a paz, a Minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Ouvistes o que Eu vos disse: Vou e venho para vós. Se me amásseis, certamente, exultaríeis por ter dito: Vou para o Pai, porque o Pai é maior do que Eu. Eu vo-lo disse, agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis.”

E as que se encontram no capítulo 16:1-4. “Tenho-vos dito essas coisas para que vos não escandalizeis. Expulsar-vos-ão das sinagogas; vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus. E isso vos farão, porque não conheceram ao Pai nem a Mim. Mas tenho-vos dito isso, a fim de que, quando chegar aquela hora, vos lembreis de que já vo-lo tinha dito; e Eu não vos disse isso desde o princípio, porque estava convosco.”

Infelizmente, aqueles que devido às suas convicções pessoais não encontram espaço nos seus corações para crer em Deus, sentem-se tristes e confusos. E aflitos!

Crer ou ter fé, vem em resultado de ouvirmos a Palavra de Deus.
Creia, e por amor a si mesmo e aos que o rodeiam, viva uma vida liberta por Jesus.
Se Jesus te libertar, verdadeiramente serás livre! João 8:36.

Pastor José Faria

Related Posts

Recent

Categories

Archive

Tags