Pestes destes Tempos. Coronavirus, uma Delas?

coronavirus
Mais uma praga ou uma peste como tantas outras ao longo dos anos… A Bíblia fala que aconteceriam estas coisas nos Tempos do Fim.
Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mateus 24:7  

Na comunicação social, não vemos nenhum líder mundial a apelar a ajuda de Deus e à Sua misericórdia. Vivemos numa sociedade que nas crises apenas se voltam uns para os outros, à espera de que uns quantos experts encontrem solução para as desgraças que ocorrem. Um dos salmistas bíblicos afirma: “Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.” Salmo 127:1  

Cientifica e tecnicamente os homens desdobram-se em esforços para encontrar solução para este Coronavirus, que infelizmente já tem ceifado muitas vidas onde incide. Esta praga faz-nos lembrar algumas que nos últimos anos. Mas ainda bem que por enquanto têm sido mais “alarmistas” do que “fatalistas”, um pouco por todo o mundo.

Não temos memória curta quanto à gripe das aves, pragas provocadas por picadas de insetos, doenças transmitidas por animais que fazem parte da nossa alimentação, e sobre tantos perigos a que estamos expostos.

Os alarmismos passam. Sempre vão surgir novidades, novas descobertas malignas, pois neste mundo, infelizmente, o que é MAU, é mais chamativo do que é BOM. O sistema do mundo gosta de colocar as populações em pânico, em medos, que geram comportamentos exagerados e desnecessários. Por outro lado, o esforço humano é louvável, porque ajuda a superar estas pestes e as suas consequências.

O homem vive num tempo de reação aos contratempos e não de estabilidade. É difícil para as pessoas que confessam não ter fé, superarem estas crises, mas para os que conhecem Deus e a Sua Palavra, e têm fê Nele, ao saberem que Deus tem tudo sob o Seu controlo absoluto, encontram a calma na sua alma. “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia. Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares. Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.” Salmo 46:1-3

Se tiver a oportunidade de ler o Salmo 91, e meditar em cada versículo vai reparar nos versos 9, 10 a posição do Salmista, que neste caso era Moisés, diz: “Porque tu, ó SENHOR, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação. Nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.” Moisés não falou de cor. Ele foi o líder salvador de uma nação inteira, tirando-a de um Egito pecaminoso para uma nova terra. Ele e o seu povo puderam ver que as pragas que atingiam uns, não atingiam outros, pela misericórdia de Deus. Apenas serão atingidos aqueles que Ele permitir…

Related Posts

Recent

Categories

Archive

Tags