Levar as Cargas uns dos Outros?

Cada vez há mais conselho humano para o individualismo, para a preservação pessoal, para o distanciamento do cansado, do triste, do fraco e do oprimido, do frustrado, do que não é próspero no seu caminho… Diz-se que eles não comunicam “boas energias”, são carga pesada, e para muitos, o melhor será ignorá-los ou fugir deles. Porém a Bíblia nos diz: "Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo". (Gálatas 6:2).
Quando carregamos as cargas uns dos outros, estamos a cumprir a lei de Cristo que está explicada por Jesus em Marcos 12:28-31: "… Qual é o principal de todos os mandamentos? Respondeu Jesus: O principal é: Ouve, ó Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor! Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força. O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes."

Focar-se cada dia em amar a Deus e amar aos outros, verdadeiramente e sinceramente, é estar a obedecer a esses dois mandamentos de Jesus e a cumprir TUDO O QUE DEUS REQUER DE NÓS.

Jesus nos convida a amar. E João, o apóstolo “Amado” também declara: "Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, pois DEUS É AMOR. Porque este é o amor de Deus: que guardemos os Seus mandamentos; ora, os seus mandamentos não são penosos." 1 João 5:3

O Pecado, a Iniquidade, a Perversidade e Maldade, devem ser evitados por um seguidor ou discípulo de Cristo, por amor a Deus, a si mesmo e aos outros.
Viver para amar deve ser a nossa motivação, e também aquilo que deve dar sentido à nossa vida.
Quando nós reconhecemos verdadeiramente O VALOR DO SACRIFÍCIO DE JESUS por nós, dando a sua vida em nosso lugar, a nossa resposta deve ser também o Amor, a Gratidão e a Obediência ao que Ele nos solicita.

A nossa motivação para superarmos o pecado, deve ser o Amor.
Amar não é um sentimento, é uma decisão!
Quando é-me requerido levar a carga de outros, não devo fazê-lo com o intuito ou desejo de obedecer legalmente a uma série de regras cristãs para ser elogiado diante de outros, mas porque AMO A CRISTO e quero que ELE SEJA GLORIFICADO.

Cada caso é um caso… Não façamos nada sem a direção de Jesus, em oração. Até para fazermos o BEM, precisamos de sabedoria, discernimento e inteligência espiritual, (Colossenses 1:9).
Sejamos corajosos e cumpramos aquilo que Jesus requer de nós! Partilhemos das nossas cargas, com amor!

Related Posts

Recent

Categories

Archive

Tags